26/07
3ª Corrida Pão De Açúca...3ª Corrida Pão de Açúcar Kids - Fortaleza
26/07
Aula H - SpinningAula H - Spinning
26/07
Corrida Explore 2014 - Etap...Corrida Explore 2014 - Etapa Piracicaba
26/07
Night Run 2014 - Etapa Mart...Night Run 2014 - Etapa Marte - Vitória
27/07
12° Circuito De Aquathlon ...12° Circuito de Aquathlon Atletas Solidarios - 2ª etapa
27/07
13ª Maratona Pão De Açú...13ª Maratona Pão de Açúcar de Revezamento de Fortaleza 2014

compre sua foto

 
encontre o seu
tênis ideal
O índice de massa corporal (IMC) é uma medida de grau de obesidade de uma pessoa por meio de cálculo

Calculadora de IMC

A calculadora Tempo Run projeta o tempo para uma distância almejada, baseando-se no seu desempenho atual em outra distância.

Tempo Run

A calculadora de calorias indica quantas calorias você perde ao correr uma determinada distância.

Calculadora de calorias

Alcance sua meta nas provas e treinos! A pulseira é a ferramenta ideal para monitorar seu ritmo, km a km, em qualquer distância.

Pulseira de Ritmo

Compartilhe por email

Na areia, no asfalto, na beira do mar

Fila Night Run passa pelo Rio de Janeiro e transforma a praia da Barra da Tijuca, com seus três mil corredores, em uma grande festa
Na areia, no asfalto, na beira do mar
Por Caio Barretto
Foto Pedro Cury


A Fila Night Run é uma prova realizada à noite, como o nome já diz. Mas está longe de ser apenas uma corrida: é também uma festa. Luzes e imagens se misturaram à música eletrônica do DJ – ou melhor, DVJ, como ele se apresenta – William Ribeiro, no sábado, 26 de julho, no Rio de Janeiro. Embora não houvesse ninguém dançando por ali, os corredores asseguraram que a música e o clima de descontração – quase euforia – foram o estímulo extra para a competição.

Por falar em corredores, foram três mil inscritos na Fila Night Run. A corrida foi disputada em um cenário diferente do habitual: a praia da Barra da Tijuca, na altura do Posto 6. “É uma maneira de sair um pouco do Aterro do Flamengo, onde são realizadas quase todas as corridas do Rio”, disse o triatleta Alexandre Ribeiro, que estava com cerca de cinqüenta corredores de sua equipe, a Pro-Ribeiro.

Mas o local de corrida e o horário atípico – a largada foi pontualmente realizada às 20h – não foram as únicas inovações da etapa carioca da Fila Night Run. Vamos ao percurso: a turma largou no Posto 6 e correu, na areia fofa, exatos 2,5 km. Em seguida passaram para o asfalto, fazendo o caminho de volta, mais 2,5 km. Ao retornar ao ponto de largada, os que disputavam a prova de 5 km encerravam a corrida, e os corredores dos 10 km davam mais uma volta. Os que não estão acostumados a correr na areia sentiram nas pernas o resultado do esforço.

“Estou acabada, só Deus sabe como consegui chegar ao fim”, contou, quase sem forças para falar, a capixaba Maria Eunice Ribeiro, 30, relações públicas, que veio ao Rio de Janeiro apenas para disputar os 10 km da Fila Night Run. Ela não pôde correr a prova realizada pela Fila em Vitória (ES), no dia 12 de julho, e não pensou duas vezes antes de arrumar a mala e embarcar para o Rio. Maria estava um pouco ansiosa, pois além do percurso misto, correr à noite também foi uma novidade para ela. “A corrida nos proporciona desafios como os de hoje, e me sinto muito satisfeita comigo mesma quando os enfrento”, acrescentou Maria.

Aliás, Maria foi apenas uma dos inúmeros corredores de outros estados. Os mineiros vieram em peso. O casal Andressa Matos, 31, designer de jóias, e Sandro Samor, 34, empresário, que estavam no Espaço O2 do Assinante, são de Ubá, Minas Gerais. Eles contam que correr juntos, como muitos casais gostam de fazer, para eles é impossível. “Até já tentamos e o casamento quase acabou por causa disso”, brincou Samor. Eles se preparam para disputar, pela segunda vez, a meia-maratona de Buenos Aires, no dia 21 de setembro, mas o sonho deles é outro: correr a Meia-maratona de Paris, em 2009.

Os campeões
Amauri José dos Santos Junior foi o campeão dos 10 km, completando a prova em 35min41s. Ele afirmou que o percurso misto dificultou a prova e, ao mesmo tempo, estimulou os corredores, por ser um desafio a mais. Correr à noite, para ele, é mais agradável que durante o dia, ainda mais em uma cidade quente como o Rio de Janeiro. “Essa atmosfera, a música, as luzes, isso tudo é maravilhoso para quem busca uma melhor qualidade de vida”, disse o vencedor.

“A idéia de organizar uma corrida como esta, à noite, surgiu porque não existia nada parecido. Queríamos criar algo diferente”, afirmou Camila Bessa, 24, coordenadora de eventos da Fila. E eles conseguiram. A Fila Night Run, que volta ao Rio de Janeiro no dia 20 de setembro, é, definitivamente, uma corrida diferente.

:: Serviço
Fila Night Run – Rio de Janeiro
Data:
26 de julho de 2008
Horário: 20h
Distâncias: 5 km e 10 km
Clima: céu aberto, vento frio
Temperatura média: 20°C
Umidade: 70% (média)
Inscritos: 3 mil
Pontos de hidratação: 2 em cada volta (1 no percurso e 1 na chegada)
:: Resultados
Masculino – 5 km

1° José Adriano de Oliveira – 17min17s
2° Givaldo dos Santos Cerqueira – 17min18s
3° Antonio Edelvan de Brito – 17min59s
Feminino – 5 km
1° Cristiane da Silva Oliveira – 22min
2° Gisele Lisboa – 22min30s
3° Cristiana Gonzaga – 23min16s
Masculino – 10 km
1° Amauri José dos Santos Júnior – 35min41s
2° José Alfredo Sabino – 35min58s
3° Adair José Henrique dos Santos – 36min15s
Feminino – 10 km
1° Ana Pimenta – 44min16s
2° Ariane Gomes – 44min42s
3° Aparecida dos Anjos – 45min30s